topo Alergolatina

coleções de contato padronizadas

A Alergolatina oferece distintas coleções de substâncias para a realização de testes de contato. Tais baterias foram criadas e aperfeiçoadas observando-se as publicações do Grupo Internacional de Pesquisa em Dermatite de Contato, do Grupo Brasileiro de Estudos em Dermatite de Contato e da equipe de alergistas da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

BG_COLE_CONTATO_01_v2.png
Bateria Alergia Alergolatina
 
 

Elaborada com base na experiência clínica da equipe de alergistas da Policlínica Geral do Rio de Janeiro e do Centro de Pesquisa e Aperfeiçoamento em Alergia e Imunologia, a Coleção de Contato Padrão Alergia inclui as 30 substâncias mais comuns de causarem dermatites de contato no nosso país e é a bateria inicial a ser testada quando há uma suspeita clínica de dermatite de contato.

Tabela Bateria Alergia Alergolatina
Bateria Alergia Plus Alergolatina
Bateria Alergia Plus Alergolatina

A utilização de novos materiais e novas substâncias em nosso meio, no decorrer dos últimos anos, resultou em um aumento na frequência da sensibilização a antígenos que antes não eram usuais. Selecionamos 10 contactantes relevantes e frequentemente utilizados no nosso país para serem complementados a sua Coleção Alergia.

Tabela Bateria Alergia Plus Alergolatina
 
Bateria Alergia Plus Cosméticos Alergolatina
Bateria Alergia Plus Cosméticos Alergolatina

Desenvolvida acompanhando de perto as constantes inovações que ocorrem na indústria de cosméticos, higiene e beleza, a Bateria Alergia Plus Cosméticos, composta de dez contactantes, complementa a Coleção Padrão Alergia, de modo a englobar as principais substâncias sensibilizantes utilizadas como componentes de cosméticos, geralmente como conservantes, corantes, fragrâncias e veículos desses.

Tabela Bateria Alergia Plus Cosméticos Alergolatina
BG_COLE_CONTATO_04_v2.png
Bateria Dermato Alergolatina

O Grupo Brasileiro de Estudos em Dermatite de Contato elaborou uma bateria de contactantes contendo 22 substâncias pertencentes a baterias internacionais e oito substâncias comuns no Brasil, sendo aprovada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia através de sua diretriz. A Alergolatina disponibiliza essa bateria como Bateria de Contato Padrão Dermatologia.

Tabela Bateria Dermato Alergolatina
 
 
Bateria Dermato Plus Cosméticos Alergolatina
Bateria Dermato Plus Cosméticos Alergolatina

Desenvolvida acompanhando de perto as constantes inovações que ocorrem na indústria de cosméticos, higiene e beleza, a Bateria Dermato Plus Cosméticos, composta de dez contactantes, complementa a Coleção Padrão Dermatologia, de modo a englobar as principais substâncias sensibilizantes utilizadas como componentes de cosméticos, geralmente como conservantes, corantes, fragrâncias e veículos desses.

Tabela Bateria Dermato Plus Cosméticos Alergolatina.png
 
Bateria Pediátrica Alergolatina
Bateria Pediátrica Alergolatina
 

Estudos científicos recentes indicam que a frequência da dermatite de contato em crianças e adolescentes não é tão rara quanto se acreditava, havendo, inclusive, alta presença de sensibilização em crianças abaixo de três anos de idade. Isso mostra que o processo alérgico por contato pode se desenvolver nos estágios iniciais da vida.

 

Um dos motivos que explicam esta alta sensibilização é o fato das crianças e adolescentes, cada vez mais, utilizarem cosméticos, maquiagens, joias e pierciengs.

 

O perfil das substâncias causadoras de dermatites em crianças pode variar em relação ao observado nos adultos. Por isso, alguns alergistas recomendam a utilização de uma bateria de contato específica para as crianças, com algumas mudanças pontuais em relação à bateria padrão dos adultos.

 

A Alergolatina, baseando-se em artigos epidemiológicos atuais, indica a utilização da Coleção de Contato Pediátrica, composta das 20 substâncias mais frequentes em causar dermatites de contato em crianças e adolescentes.

Tabela Bateria Pediátrica Alergolatina

coleções de puntura padronizadas

A Alergolatina disponibiliza coleções para testes de diagnóstico de puntura contendo alérgenos selecionados por terem alta prevalência em nosso meio e comprovada relevância clínica.

BG_COLE_PUNTURA_01_v2.png
Bateria Alimentos Alergolatina
 
 

A prevalência das alergias alimentares vem aumentando nas últimas décadas no Brasil e no mundo. Os alérgenos alimentares mais comuns de uma região variam de acordo com fatores como o clima, a cultura e os hábitos alimentares da população. Para auxiliar no diagnóstico das alergias alimentares, a Alergolatina disponibiliza uma Coleção Padrão de Alimentos contendo os principais alimentos sensibilizantes do nosso país.

Tabela Bateria Alimentos Alergolatina
Bateria Alimentos Látex Alergolatina
Bateria Alimentos Látex Alergolatina

A alergia ao látex está associada a alergias a determinados alimentos devido à reação cruzada entre seus componentes antigênicos, o que faz com que indivíduos com sensibilidade ao látex possam reagir, com menor ou maior intensidade, a esses antígenos alimentares. A Coleção de Alimentos Relacionados ao Látex foi elaborada com extratos de alimentos que contêm componentes antigênicos semelhantes ao látex. Desta forma, se o indivíduo for sensível ao látex, há a possibilidade de ele reagir a alimentos da coleção. Também, se tiver sensibilidade a algum desses alimentos pode reagir ao látex ou aos outros alimentos da coleção.

Tabela Bateria Alimentos Látex Alergolatina
 
Bateria Alimentos Pediátrica Alergolatina
Bateria Alimentos Pediátrica Alergolatina

A prevalência da alergia alimentar vem aumentando nos últimos anos em todo o mundo. Estima-se que entre 6 a 8% das crianças apresentem algum tipo de alergia alimentar.

 

Diversos estudos clínicos mostram que os principais alimentos responsáveis pelas reações alérgicas variam de acordo com a idade, com os hábitos alimentares da população, assim como com a região geográfica analisada. Nos adultos, os alimentos mais comumente sensibilizantes são os frutos do mar (peixes e crustáceos), as castanhas e o amendoim; já nas crianças, os mais importantes são o leite de vaca, a clara de ovo (menos frequentemente a gema), o peixe, o trigo e a soja.

 

Os testes cutâneos são indicados para auxiliar a identificação dos alimentos causadores das alergias, sendo recomendada, para um diagnóstico preciso, a utilização de uma coleção de testes contendo os principais alérgenos alimentares sensibilizantes.

 

Para o diagnóstico das alergias alimentares em crianças faz-se necessário testar uma bateria de alérgenos específica relacionada a esse grupo etário. Para este fim, a Alergolatina disponibiliza a Coleção Padrão de Alimentos – Pediátrica, que contém os alérgenos mais frequentemente sensibilizantes em crianças no nosso país.

Tabela Bateria Alimentos Pediátrica Alergolatina
Bateria Inalantes Alergolatina
Bateria Inalantes Alergolatina
 
 

As alergias respiratórias (como a rinite e a asma) são as alergias mais prevalentes no mundo. Para um diagnóstico correto dos alérgenos que estão causando o quadro alérgico, é necessário testar a reatividade cutânea do indivíduo com uma bateria de extratos inalantes diversos, visando abranger os alérgenos mais importantes no nosso meio. Para esse fim, a Alergolatina disponibiliza a Coleção Padrão de Inalantes.

Tabela Bateria Inalantes Alergolatina
BG_COLE_PUNTURA_05_v2.png
Bateria Inalantes Pediátrica Alergolatina
 

A escolha dos alérgenos para o diagnóstico cutâneo de puntura para alergias respiratórias em crianças deve ser realizada considerando alguns critérios: as crianças podem ainda não ter entrado em contato com alguns alérgenos e, consequentemente, não terem formado resposta contra eles; as crianças pequenas, nos seus primeiros anos de vida, podem não ter o sistema imunológico completamente formado; o número de alérgenos testados deve ser menor, porque a área do antebraço das crianças é pequena e para que o procedimento seja menos traumático. A Alergolatina selecionou, para serem testados no diagnóstico cutâneo de puntura, os quatro alérgenos mais relevantes nas alergias respiratórias em crianças.

Tabela Bateria Inalantes Pediátrica Alergolatina
Bateria Imuno Celular Alergolatina
Bateria Imuno Celular Alergolatina

Os testes de diagnóstico cutâneos intradérmicos de leitura tardia podem ser úteis em situações nas quais se deseja pesquisar detalhes da imunidade mediada por células, auxiliando o diagnóstico de diversas doenças. Tais testes são indicados, geralmente, nos casos de infecções graves ou recorrentes, ou quando há infecções por microrganismos geralmente inofensivos (patógenos oportunistas). A avaliação da imunidade celular é realizada utilizando uma bateria de antígenos para os quais o indivíduo, provavelmente, já possui uma resposta imune pré-formada por já ter entrado em contato em algum momento de sua vida (seja por infecção ou por vacinação). Para a realização dos testes de avaliação da imunidade, a Alergolatina disponibiliza a Coleção de Avaliação da Imunidade Celular.

Tabela Bateria Imuno Celular Alergolatina
 

como adquirir nossas coleções

Envie seu pedido e receba com segurança

Produto Alergolatina
foot Alergolatina